quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Presidente do MTG prestigia posse da Coordenadoria da 1ªRT

         Tomou posse, na noite desta quinta-feira, 04 de fevereiro, a coordenadoria da 1ªRT. O evento aconteceu na sede da região, na zona sul da capital e contou com mais de 200 pessoas.
          O Presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho, Nairo Callegaro, esteve presente para prestigiar a posse, juntamente com Nilton Otton, seu vice-presidente de administração e finanças.
          Diversos patrões estiveram presentes na posse, visitantes, tradicionalistas e autoridades. A erva Mate Barão, parceira há anos da 1ªRT e, recentemente, do MTG, esteve presente preparando chimarrão para todos os gostos.


         Além da coordenadoria com seus diretores, foram empossados, também, os subcoordenadores regionais.

Extra!!! Extra!!! Saiu o Eco da Tradição de Fevereiro


Editorial do Presidente - As Referências

       
          A nossa sociedade é construída e alicerçada em cima de referencias, sejam elas pessoais, na maioria das vezes, ou de instituições e empresas. Estas referências podem ser positivas as quais podemos nos espelhar e buscar o aprimoramento de nosso convívio pessoal para estabelecer um crescimento sustentável e harmonioso. Por outro lado existem exemplos que não podemos seguir, negativos, que desconstrói um modelo social adequado de boa e respeitosa convivência. 

          Um exemplo pessoal de contribuição para a sociedade, que busco na memória, é o Gen. Flores da Cunha, governou o estado durante sete anos, sem aumentar ou criar novos impostos, abriu o estado ao desenvolvimento, implantou as Secretarias de Educação, da Saúde e da Agricultura, o instituto de Previdência do estado, a Universidade do Rio Grande do Sul e a Frota Rio-Grandense, com navios frigoríficos para exportar a carne gaucha, aumentou das linhas ferroviárias, asfaltou estradas, e a construiu de escolas. Este é, e sempre será uma referência pessoal de nossa sociedade, como pessoa, como cidadão.

          Em nossa sociedade encontraremos varias empresas e instituições que são referências e marcaram tempo e importância em nossa história. Mas chamo aqui a atenção uma instituição que tem muito haver com nossas vidas,  chamada de MTG – Movimento Tradicionalista Gaúcho,  este chega ao ano do seu cinqüentenário como uma referencia social por toda sua trajetória, sua responsabilidade de preservação e transmissão de valores culturais e de nossa identidade como gaúchos.  O MTG representa para as instituições governamentais, a sociedade civil e tradicionalista a preservação e manutenção de valores sociais, éticos e morais. Construiu uma identidade própria e sólida capaz de atravessar este meio século, alicerçada em objetivos claros, documentos, como nossa carta de princípios, e outros.

           Vejam a grandiosidade do MTG, não estamos falando de normas, regulamentos, formas de funcionamento, estamos falando em fundamentos filosóficos, estudos, pesquisas, valores maiores que constituem esta entidade, documentos a serem estudados em todos os momentos e que achamos as respostas a nossas perguntas. Regulamentos, normas, mudamos a qualquer momento, agora objetivos e aspectos fundamentais, estes são raras as instituições que tem a capacidade de construção e sustentação perante a sociedade.  Esta capacidade de enfrentamento social é reservada a poucos, aqueles que têm plena consciência de suas atitudes, de suas origens, que escolhem com clareza e lucidez um modelo social de vida, que acreditam num bem estar coletivo, que afastam interesses pessoais do âmbito promocional e financeiro. Longe desses interesses o   MTG  nasceu e estruturou-se, acredito nesta instituição, acredito em seus valores, em sua pessoas,   tenho certeza  da grandiosidade e importância social de nossa instituição.

            Assim como nossa referência pessoal citada acima, quero estabelecer uma relação de trabalho e dedicação por esta causa, sem vantagens, sem promoções e sim o bem estar coletivo e a prosperidade de todos numa convivência de muita harmonia. Chamo a todos para estudar e debater profundamente nossos objetivos e aspectos fundamentais neste ano do cinquentenário de nossa instituição referência o MTG – desta forma sairemos mais  fortalecidos e unidos.
Por Nairioli Antunes Callegaro
Presidente do MTG

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

CTG Gaudério Serrano recepcionou o presidente eleito do MTG

            O CTG Gaudério Serrano, de Bento Gonçalves, na noite de 9 de janeiro, recepcionou o recém eleito presidente do MTG, Nairo Callegaro, sua família e alguns amigos em sua sede, onde o CTG Chimangos estava alojado, para um churrasco e muita música ítalo-gaúcha, na gaita do pai de Nairo.
Ainda no sabado à noite o CTG Gaudério Serrano fez questão de recepcionar o presidente eleito do MTG em sua sede

Nairo Callegaro é o Presidente do MTG

          Nairioli Antunes Callegaro, 49 anos, Engenheiro Civil. Aos 18 anos foi fundador e primeiro patrão do CTG Chimangos, na capital, fez dele sua entidade, uma convicção familiar. Aos 20 anos foi convidado para ser secretário geral do MTG, na gestão do presidente Domingos Albea. Foi vice- coordenador da 1ªRT por quatro gestões, coordenador em 2011 e 2012, período da aquisição da sede da RT, tesoureiro da AATF em 2007 e 2008, presidente em 2009 e 2010.
        
Ao lado da familia.Seus pais e sua filha.

          “Acredito que tenha ingressado no meio tradicionalista ainda no ventre de minha mãe, pois meus pais, juntamente com meus avós, são fundadores do CTG Os Legalistas, de Santo Ângelo. Trago no DNA este contato com o tradicionalismo. Já como criança, desde a escola primária, já participava em eventos escolares, depois vieram os CTGs (CTG Tiarayu, CTG Legenda Farroupilha, em Porto Alegre), o movimento organizado, completando de certa forma o inicio desta jornada” – Relata Callegaro.  

Planejamento para 2016:
          "Nosso grande desafio é dar continuidade a um projeto de uma equipe, um trabalho coletivo construído a muitas mãos, a colocação de meu nome a disposição do movimento, foi uma decisão tomada em Diretoria com o aval e apoio do atual presidente, bem como de inúmeros conselheiros e coordenadores. Temos o compromisso de dar continuidade a esta proposta, a este trabalho, mas com avanços que o momento requer" - conta Nairo.

          "Todo o planejamento passa pela compreensão de todos (tradicionalistas, coordenadores, conselheiros e sociedade ), pois acredito que estamos passando um período de grandes desafios, ajustes, enfrentamentos, o meio social sugere e impõe questões a serem discutidas, o MTG deve continuar modernizando sua administração, implementando ações que facilitem esta relação de entendimento com a sociedade com clareza e eficácia, passando pela construção de um grande diálogo, mas nunca abandonando nossos princípios, nossa ideologia e filosofia" - concluiu o novo presidente do MTG.